Boas Práticas

Um dos principais objetivos do novo modelo da Carta Europeia da Segurança Rodoviária consiste em dotar os membros de mais capacidades para criarem compromissos caracterizados pela qualidade e eficácia da sua abordagem e por um conjunto de recursos inovadores, dando resposta aos principais desafios da segurança rodoviária. A fim de reconhecer os seus esforços e promover ações importantes em matéria de segurança rodoviária, criámos o rótulo de boas práticas.

A forma mais simples de definir uma boa prática é como um conjunto de ações (atividades, estratégias, metodologia, abordagem, técnica, etc.) que foi avaliado em termos de eficácia na resolução de um problema de segurança rodoviária e que provou ter sucesso. Assim, as boas práticas são baseadas em factos com indicadores claros para medir o sucesso. 
Por conseguinte, uma componente fundamental de um compromisso que será considerado como uma boa prática é um plano de avaliação bem concebido que contemple todos os aspetos do processo de desenvolvimento, mostre claramente o progresso da ação de acordo com o plano inicial e, acima de tudo, permita avaliar o impacto das suas ações.

As Orientações

PT_Guidelines - Candidates for Good Practice (PDF) PT_Guidelines - Candidates for Good Practice (PDF).pdf
PT_Guidelines Focus on Youth Commitment (PDF) PT_Guidelines Focus on Youth Commitment (PDF).pdf
Road Safety Education Challenge ERSC_PT_AF.pdf

Apresente a candidatura de Boas Práticas

A sua organização deve ser um membro registado da Carta Europeia da Segurança Rodoviária

Ainda não é membro – adira já!

Já é membro? Inicie sessão e apresente a sua candidatura de Boas Práticas aqui.

charter_latest_update: 20/06/2018 | charter_top